Diretor de Comunicação do Benfica suspenso e BTV multada

O Benfica foi, esta terça-feira, multado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em mais de seis mil euros por causa do programa “Chama Imensa” da BTV. Luís Bernardo, director de comunicação dos encarnados, foi suspenso por 22 dias.

O Benfica foi multado em 6120 euros devido ao programa “Chama Imensa” da BTV, por causa de afirmações proferidas na emissão de 20 de Novembro, quando os responsáveis das águias prometeram apresentar provas de um novo Apito Dourado.

No mapa de castigos da Liga está, ainda, o nome de Luís Bernardo. O director de comunicação do Benfica foi suspenso 22 dias por uma publicação no Twitter da direcção de comunicação do Benfica, a 5 de Janeiro, em que relata alegadas ligações entre Hernâni Fernandes, assessor do Sporting, e o árbitro Hugo Miguel, juiz do dérbi entre águias e leões, no Estádio da Luz, a 3 de Janeiro.

Além da suspensão de 22 dias, Luís Bernardo foi condenado ao pagamento de uma multa no valor de 1377 euros.

Fonte: jn.pt